Destaques

 

EM PARCERIA COM CUBO ITAÚ, SÃO MARTINHO LANÇA O CUBO AGRO JUNTO A EMPRESAS DO SETOR

Em iniciativa inédita, Companhia e parceiros criam o maior hub da América Latina para fomentar o desenvolvimento tecnológico de startups no agronegócio

 

São Paulo, 13 de julho de 2021 — A São Martinho, um dos maiores grupos sucroenergéticos do Brasil, anuncia sua participação na criação do Cubo Agro, uma nova vertical do Cubo Itaú especializado no segmento. Com o objetivo de impulsionar o empreendedorismo tecnológico através da inovação no setor do agronegócio no Brasil e na América Latina, o Cubo Agro será um novo espaço para conexão entre agtechs, grandes empresas, fundos de investimentos e demais agentes do ecossistema.

Em parceria com a Corteva Agriscience e o Itaú BBA, o Cubo Agro pretende realizar uma intensa agenda de atividades para promover a geração de negócios e troca entre startups e demais atores desse ecossistema, por meio de workshops, eventos de network e troca de experiência, cursos, treinamentos, entre outras.

Para a São Martinho, a participação como cofundadora do Cubo Agro está alinhada à sua visão de futuro e estratégia de negócios, em um setor que adota tecnologias cada vez mais avançadas com potencial para tornar os ambientes agroindustriais cada vez mais eficientes e sustentáveis. Além de contribuir de forma significativa no fomento do ambiente de inovação, esta será mais uma oportunidade para a Companhia continuar sua jornada pautada em inovação e sustentabilidade, fomentando a possibilidade de novas receitas baseadas na ampliação de seu core business.

Uma das contribuições que a companhia espera realizar por meio do Cubo Agro é o desenvolvimento de projetos com uso da tecnologia 5G e potencial de maior conectividade no ambiente agroindustrial.

“A parceria com o Cubo Agro está alinhada com nossa visão de futuro, em um momento de grandes transformações e desafios para o agronegócio brasileiro. Acreditamos que esse ambiente será fundamental para a aceleração e sustentação de novos negócios para a companhia, fomento do empreendedorismo tecnológico no segmento, troca de experiências e aprendizado mútuo com os parceiros dessa iniciativa e demais atores do ecossistema de inovação. Estamos muito otimistas com esta iniciativa”, afirma Marcelo Eskenazi, Head de Inovação da São Martinho.

Para Agenor Pavan, COO e vice-presidente da São Martinho, o Cubo Agro vai agregar uma série de competências complementares às conquistadas ao longo dos anos pela Companhia. “Acreditamos no conceito de inovação aberta e vamos aprender muito com a experiência do Cubo Itaú junto ao ecossistema de inovação e startups. Pretendemos consolidar nossa estratégia em sinergia com os demais parceiros para obter conexões que fomentem o agronegócio e gerem valor de forma sustentável, para nossa companhia e todo setor”, observa ele.

Segundo o Radar Agtech Brasil 2020/2021, material elaborado pela Embrapa, SP Ventures e Homo Luders Research and Consulting, tem surgido quase que uma agtech por dia no Brasil, desde o início da pandemia. Os dados mostram um número de startups ativas 40% maior em comparação ao Radar Agtech Brasil 2019. O estado de São Paulo possui a maior porcentagem de agtechs, com 48% do total, enquanto a região Nordeste foi responsável pelo surgimento do maior número de novos empreendedores, em comparação com 2019.

Um outro estudo realizado pela ABStartups (Associação Brasileira de Startups) aponta que 72,6% das agtechs atuam dentro da porteira, ou seja, em tecnologias que auxiliam a produção e a gestão agrícola, e 47,1% das agtechs já receberam investimentos, o que ressalta o potencial do setor.